Um novo e complexo estudo trabalha a recombinação genética por meio de luz

Uma equipe de pesquisadores apresentou uma recombinase fotoativa sensível à luz, não invasiva, adequada para manipulação genética in vivo. A propriedade altamente sensível à luz da recombinase Flp fotoativa será ideal para controlar a manipulação genética em regiões profundas do cérebro de camundongo pela iluminação com um diodo emissor de luz não-invasivo.

As notícias sobre este novo estudo coordenado pelo Professor Won Do Heo e sua equipe, fornecerão uma ferramenta de manipulação genética livre e expansível para pesquisas em neurociência.

O controle espaço-temporal da expressão gênica tem sido aclamado como uma estratégia valiosa para identificar funções de genes com circuitos neurais complexos. Estudos de funções cerebrais complexas requerem tecnologias altamente sofisticadas e robustas que permitem a rotulagem específica e a rápida modificação genética em animais vivos.

Um número de abordagens para controlar a atividade de proteínas ou expressão de genes de uma maneira espaço-temporal usando luz, pequenas moléculas, hormônios e peptídeos, foi desenvolvido para manipular circuitos ou funções intactas.

Entre eles, os sistemas quimicamente indutíveis que empregam recombinação são os sistemas de modificação de genes mais utilizados in vivo. Outras abordagens incluem sistemas seletivos ou condicionais em subconjuntos que expressam células interseccionais neste estudo.

No entanto, todos esses métodos são limitados pelo tempo e esforços consideráveis, requeridos para estabelecer linhas de estudo com restrições no controlo espaço-temporal. Mas indo além dessas restrições, a nova abordagem optogenética permite que a atividade dos neurônios geneticamente definidos no cérebro de ratos seja controlada com alta resolução espaço-temporal.

No entanto, um módulo optogenético para manipulação de genes capaz de revelar as funções espaço-temporais de genes-alvo específicos no cérebro de camundongos ainda é um desafio.

No estudo publicado na revista científica “Nature Communications”, a equipe contou com recombinase Flp fotoativa pela busca de locais de divisão que não foram previamente identificados, sendo capaz de existir uma reconstituição in vivo. A equipe enfatiza o desempenho altamente sensível à luz, eficiente de recombinase Flp fotoativa através de luz.

O estudo é o resultado de cinco anos de pesquisa feita pelo professor Heo, que liderou os campos da imagem biológica e optogenética, desenvolvendo suas próprias tecnologias sobre o assunto. “Será uma grande vantagem controlar a expressão gênica específica desejada com pouca estimulação física e química que possam afetar o fenômeno fisiológico em animais vivos”, explicou Heo.

O que é liderança?

Quando você adota um papel mais orientado para a liderança, você está lidando mais com as linhas de frente e entrando na ação de perto. Enquanto os gerentes tendem a dirigir, os líderes muitas vezes inspiram pelo exemplo. Para este fim, eles são muito ativos e muito adaptáveis, capazes de tomar decisões precipitadas como e quando a situação exige. Eles também são muito orientados para as pessoas. Considerando que os gerentes são melhores com números e horários, os líderes são a força motriz por trás das equipes de trabalho e equipes. Se os gerentes fornecem as metas, são os líderes que ajudam a empresa a atendê-los.

Naturalmente, segue-se que a liderança é usada quando se deseja manter uma empresa em movimento e mantê-la consciente das pessoas que a formam. Enquanto os gerentes podem, às vezes, perder a visão dos funcionários na busca de metas, os líderes permanecem conectados à força-tarefa e, muitas vezes, trazem à atenção da gerência qualquer problema relacionado ao desempenho ou moral da equipe. Eles também são geralmente responsáveis ​​por detalhes, incluindo treinamento de pessoal, turnos e orientação.

Claro que a liderança também tem deficiências. Os líderes tendem a sentir falta de como seus negócios funcionarão, por estarem envolvidos na visão da empresa e, portanto, podem ter idéias que, embora brilhantes, não são viáveis, dadas as limitações mais amplas da empresa.

Os líderes também podem ser um pouco desorganizados e sem direção – às vezes rotulados como o “gênio defeituoso” da empresa, onde eles têm objetivos claros para onde o negócio deve ir, mas falta a capacidade ou métodos de como eles podem ser alcançados ou melhorados.

O desejo de inovar e mudar constantemente as coisas também pode ser prejudicial para a prática de negócios, criando situações em que instituições de ajustes desnecessários que funcionavam anteriormente podem ser repentinamente quebradas, ou trazer complicações novas e inéditas. Isso também pode fazer com que eles batam cabeça com mais membros da equipe que preferem a estabilidade à mudança. Líderes e lideranças tendem a exibir qualidades revolucionárias em oposição às evolutivas.

Lembre-se de que as pessoas não são números, são pessoas e esperar que elas simplesmente sigam os planos conforme ditado pela matriz não funcionará como esperado.

Guilherme Paulus esbanja elogios aos ministros do Turismo 2018/2019

Visto por muitos empresários, políticos, executivos e trabalhadores como um dos maiores nomes do Turismo, o empresário Guilherme Paulus esbanja elogios aos ministros do Turismo Marcelo Álvaro, que passou a assumir o cargo em 2019 e Vinicius Lummertz, que deixou o cargo no final de 2018. O empresário vem vivendo experiências de sucesso no setor e enxerga no Ministério do Turismo a oportunidade de uma parceria com objetivos comuns.

Paulus demonstrou estar satisfeito com o trabalho realizado pelo ex-ministro do turismo Vinicius Lummertz durante sua permanência no cargo. O ex-ministro deixou o cargo no final do ano passado. “O atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, é um profissional que sabe onde está pisando, ainda mais sabendo que ele assume um ministério em ordem. O trabalho realizado por Lummertz foi excelente ao longo do período em que esteve no ministério e isso facilita muito a vida de quem chega”, diz Guilherme Paulus.

O empresário líder do Grupo GJP Hotels & Resorts é um dos homens de negócio mais bem-sucedidos do business empresarial no setor de Turismo. Sua opinião tem grande importância ao mencionar o ministério. “A transição entre os ministros é algo realmente fantástico. Digo isso porque acompanhei de perto o trabalho de Lummertz e sei da competência de Álvaro. Acredito que só temos a ganhar com o novo ministro e podemos contar com seu apoio em diversos projetos ligados ao Turismo no Brasil”, disse Guilherme Paulus.

Os comentários sobre a atuação dos ministros foram feitos pelo empresário durante a Copa Itaipu de Golfe. O evento de grande prestígio ocorreu no “Circuito de Iguassu Golf Tour”, localizado dentro do Wish Foz do Iguaçu. O Wish é um dos maiores e mais aconchegantes resorts do Brasil e serviu de cenário para a realização do evento. “A última etapa da competição teve a presença confirmada de 72 especialistas competindo entre si. O trabalho feito durante todo o torneio foi profissional, com a participação de profissionais renomados do esporte”, explicou Guilherme Paulus enquanto falava mais sobre os ministros.

O Wish Foz do Iguaçu é um resort de primeiro mundo classificado como 5 estrelas e possui um dos melhores campos de golf do Brasil. “O magnífico campo de golfe do resort é sem dúvidas um dos melhores do Brasil e do mundo, um dos mais completos. Essa foi uma das estratégias que tivemos para atrair visitantes do mundo todo ao visitarem o país. Mas ele também acabou sendo escolhido como palco para a realização da Copa Itaipu de Golf”, explica o empresário.

Guilherme Paulus é um dos ícones do empreendedorismo no Brasil, sendo reconhecido pela mídia, por chefes de Estado e principalmente pelo público. Seus feitos continuam sendo realizados na busca de fortalecer ainda mais a indústria do Turismo e os setores de Serviço, Comércio, Transporte, dentre outros. Diante disso, projetos em andamento, como a construção de um Hotel de Luxo na cidade de São Paulo e novos projetos, como a construção de um Hotel semelhante ao de São Paulo no Rio de Janeiro, são aguardados com expectativas positivas.

Com esses empreendimentos, são gerados mais empregos para trabalhadores desempregados, mais negócios para diversos comerciantes da região e fornecedores de todo o país, e mais opções de busca para os visitantes do Brasil e do exterior que desejam se hospedar em um ótimo hotel.

Randi, irmã de Mark Zuckerberg, apoia limite de redes sociais

Depois de dirigir o marketing do Facebook entre 2004 e 2011, a irmã de Mark Zuckerberg, Randi, desaprova o uso ininterrupto das redes sociais. A profissional que trabalhou em uma das redes sociais que mais cativam os internautas iniciou o seu próprio negócio de marketing quando deixou o cargo da empresa do irmão.

Em uma palestra que deu em São Paulo, ela claramente reprovou o uso exagerado das redes sociais afirmando que ninguém consegue mudar o mundo permanecendo 24 horas nas redes sociais.

Para quem está muito acostumado com o uso do celular, pode parecer difícil se desconectar de repente, mas isso deve ser feito aos poucos. De acordo com Randi, a desconexão pode começar com horários programados e consecutivamente ir aumentando esse tempo. Em determinadas profissões essa prática pode se tornar mais difícil ainda, mas é preciso tentar.

Devido a algumas mudanças no site, Mark declarou que o tempo que as pessoas passam no Facebook teve uma redução. Essa notícia fez as ações da empresa terem uma queda, mas que não foi causa de preocupação. O tempo reduzido na rede social é um resultado das mudanças que pretendem melhorar a qualidade das experiências dos usuários.

A irmã de Zuckerberg não dá um veredito sobre as redes sociais dizendo se são boas ou ruins, ela sustenta que o uso é a melhor forma de identificar como pode ser a experiência de cada usuário.

As alterações de políticas do Facebook são elogiadas por ela que sabe que muitas causas nobres ganham espaço e se propagam alcançando mais adeptos pelas redes sociais através de notícias, no entanto, existe também o lado do mal que procura fazer o mesmo.

Randi tem uma desenvoltura que pode ser comprovada tanto nas redes sociais como em suas palestras, e ela sabe que apesar de não ter a fama de seu irmão tem potencial para atrair empresários dispostos a pagar mais de mil reais por três dias de palestras e faz uma brincadeira com isso. Uma de suas maiores invenções foi o Facebook Live que ela desenvolveu em um hackaton, ninguém apostava que haveria um público interessado em transmissões desse tipo, mas depois que a cantora Katy Perry anunciou a sua turnê pelo recurso, o sucesso dessa função se tornou o que é hoje.

Guilherme Paulus e sua ascensão no Turismo brasileiro

Qualquer um que conhece o Brasil sabe do potencial que o país tem para a prática do Turismo: até quem mora aqui reconhece as terras desconhecidas que podem existir fora de sua região. Muito diversos, nosso território conta com vastas riquezas, naturais e culturais. Nesse cenário, quem tem visão empreendedora e sabe aproveitar as oportunidades tende a crescer no mercado, destacando-se. É o caso de Guilherme Paulus.

Em 1971, conseguiu seu primeiro emprego como agente de viagens. No ano seguinte, em 72, ele iniciou as atividades no comando de seu próprio negócio, uma pequena agência de Turismo com sede no centro de Santo André, em São Paulo. Com foco no atendimento dos grêmios trabalhistas, as clientes fiéis eram as grandes empresas do ABC. Dois anos depois, em 74, Guilherme Paulus compra a parte da empresa que pertencia ao seu sócio e dá sequência ao desempenho da agência, direcionando os investimentos para o transporte rodoviário. Essa agência viria a se tornar a maior operadora de Turismo da América Latina, a CVC.

Além dessa trajetória de sucesso no comando da CVC como presidente do Conselho de Administração do negócio, o empresário — que é formado em administração de empresas —, ocupa também a cadeira da presidência do Grupo GJP Hotéis & Resorts, que se destaca na gestão de 12 empreendimentos hoteleiros no país, em diversas regiões, além de possuir a coroa de melhor hotel da Serra Gaúcha, com seu complexo na região.

Em 2006, Guilherme Paulus marcou sua presença na aviação nacional, ao adquirir uma companhia aérea com 20 aeronaves. Algum tempo depois, a Webjet seria vendida por Paulus para a Gol, assinando uma das transações mais ousadas da história do setor.

Para completar sua experiência de mais de 40 anos atuando no Turismo, o administrador foi indicado como membro do Conselho Nacional do Turismo. Entre suas titulações estão a Personalidade do Ano (em 2003, 2004 e 2005), Executivo de Valor (2007 e 2010) e ainda Revolucionário das Relações de Consumo (2010), concedidos pela revista Viagem e Turismo, o jornal Valor Econômico e a revista Consumidor Moderno, respectivamente.

Embora sua caminhada já esteja consolidada, Guilherme Paulus não deixa de visar oportunidades de negócios. Há um hotel de luxo em construção na capital paulista, cujo objetivo é inaugurar uma nova bandeira do Grupo GJP. Além de restaurante, o espaço abraçará eventos e contará com um rooftop, a fim de que os hóspedes de seus 65 apartamentos possam desfrutar de toda a requinta possível. Com entrega prevista entre 2020 e 2021, o novo hotel de luxo de São Paulo pode ter ainda uma versão no Rio de Janeiro, já que é uma prática de excelência contar com opções 5 estrelas nas duas grandes capitais do país, como se vê nos hotéis Emiliano, por exemplo.

Desde 2007, Guilherme Paulus é o nome da cadeira 28 na galeria de Imortais da Academia Brasileira de Marketing. Com toda essa experiência em questão e novos empreendimentos à vista, parece que não há limites para o desenvolvimento do Turismo no Brasil. Nesse contexto, a trajetória de Paulus tem muito a inspirar.

Ex-advogado de Donald Trump é sondado pela indústria do cinema

A indústria cinematográfica de Hollywood está interessada em convencer o ex-advogado do presidente Donald Trump, Michael Cohen, o qual foi condenado recentemente por ter silenciado duas mulheres que mantiveram relações íntimas com o líder norte-americano, a vender os direitos autorais de sua história para uma possível adaptação cinematográfica.

Essas informações foram divulgadas em notícias recentes do “Page Six”. De acordo com fontes da publicação, Michael Cohen foi visto há algumas semanas se encontrando com nomes importantes do ramo, com o produtor Lawrence Bender, reconhecido por ter trabalhado de longas como “Bastardos Inglórios” e “Pulp Fiction.

Em resposta a essa questão, David Schwartz, o advogado de Michael Cohen, declarou que existe um interesse grande por parte de Hollywood na história de vida de seu cliente. Contudo, enquanto as investigações envolvendo o seu nome acerca do envolvimento russo nas eleições norte-americanas estiverem em andamento, Cohen não poderá levar esse assunto adiante.

Quando questionado pela imprensa, o produtor Lawrence Bender não quis se posicionar publicamente sobre o assunto, e não deverá comentar sobre esse interesse enquanto as negociações não seguirem adiante.

No dia 12 de dezembro, Michael Cohen foi condenado pelo tribunal de Nova York a três anos de prisão. Entre as acusações, o ex-advogado do atual presidente dos Estados Unidos foi investigado por ter silenciado ao menos duas mulheres ao longo das eleições de 2016. Na ocasião, ambas revelaram ter tido relações com Donald Trump enquanto este já era casado com sua atual esposa, a primeira dama Melania Trump.

Durante o julgamento, a promotoria do caso havia solicitado uma punição de até seis anos de prisão, devido a seriedade das inúmeras violações de Michael Cohen com as leis eleitorais dos Estados Unidos. Além disso, ele também foi considerado culpado por ter feito declarações equivocadas sobre o andamento das negociações de uma provável Trump Tower que seria erguida em Moscou.

Michael Cohen optou por se declarar como culpado por oito delitos, incluindo os crimes de violação a lei de financiamento para campanhas eleitorais e evasão de impostos. Essa atitude foi uma das razões que levaram sua pena a ser reduzida para três anos de prisão.

Como começar a empreender

Começar com o empreendedorismo pode ser um caminho difícil, especialmente se você está se dando bem pela primeira vez.

Para determinar se o empreendedorismo é realmente certo para você, para descobrir suas paixões mais fortes, encontrar o tipo certo de negócios para seus conjuntos de habilidades e aprender como ajudar a resolver problemas de economia significativos para seu público, há muito o que aprender.

No entanto, no final do dia, não há melhor maneira de aprender do que apenas começar.

Empreendedorismo: como determinar se é ou não para você. Para começar a determinar se o empreendedorismo é certo para você, pergunte-se:

Qual é a sua tolerância ao risco?

Você prefere um contracheque estável ou ganhos potencialmente ilimitados em troca de risco?

Você está bem em assumir uma infinidade de responsabilidades diferentes a cada dia?

Se você já tem uma ideia de negócio, você é verdadeiramente apaixonado por ela?

Você tem o apoio de outras partes interessadas em sua vida?

Você é um bom tomador de decisões?

Se você se sentir confiante em assumir os riscos, recompensas e responsabilidades que acompanham o início de seu próprio negócio, vamos continuar. Se você está tendo dúvidas, tudo bem – converse com amigos e familiares, reúna o feedback deles e pense em fazer uma pausa em suas ambições de negócios, caso não seja a hora certa.

Como descobrir suas paixões e transformá-las em lucros. Temos o exemplo do site Cestas de Presente onde o fundador acreditou ser possível entregar presentes em todos os países do mundo, e hoje adquiriu capacidade de logística para entrega em mais de 200 países em todo o mundo.  Se você espera ter alguma chance de sucesso no mundo do empreendedorismo, suas razões para entrar no mundo dos negócios precisam ser puras.

Claro, ter lucro e, eventualmente, ganhar mais dinheiro do que seu trabalho diário proporciona é uma ótima razão para começar seu próprio negócio , mas simplesmente explorar uma oportunidade de mercado que você identificou não durará muito tempo.

Quando você busca uma oportunidade de negócio que não é genuinamente apaixonada, a tentação de desistir diante de seus primeiros (inevitáveis) fracassos se tornará uma opção cada vez mais atraente. Ao resolver um problema você se importa profundamente com, você está alinhando seus objetivos com o sucesso das pessoas a sua empresa vai estar ajudando-o que torna muito mais provável que empurrar passado todos os obstáculos que surgem em seu caminho.

Mais importante, você estará se preparando para o sucesso a longo prazo no empreendedorismo.

Arroz e feijão estão entre os alimentos mais disperdiçados no Brasil

Um estudo realizado a pedido do Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil identificou que o arroz representa nada menos que 22% do total de alimentos que é descartado diariamente no país, enquanto o feijão caracteriza cerca de 16% desse total.

De acordo com o especialista em comportamento do consumidor e também analista da Embrapa, Gustavo Porpino, essas informações apenas reafirmam o que outros levantamentos de menor escala já tinham indicado antes. Tanto a Embrapa como a Fundação Getúlio Vargas participaram do desenvolvimento desse estudo.

Ao todo, os responsáveis pelo levantamento entrevistaram quase duas mil pessoas, nos quatro cantos do país. Uma das grandes surpresas foi o alto índice de desperdício de carne e frango, os quais representam 20% e 15% do total que é descartado, respectivamente. Segundo Gustavo Porpino, a porcentagem elevada surpreendeu pois esses alimentos são considerados caros. Apesar disso, o desperdício foi presenciado também por parte de pessoas que pertencem a classes sociais mais baixas.

Para o especialista, a melhor forma de evitar que isso continue ocorrendo é dando fim a chamada cultura da fartura e começar a calcular melhor a quantidade de alimento que precisa ser comprada. Além disso, Porpino também destaca que é essencial que os brasileiros aprendam a utilizar suas sobras de forma consciente.

Nesse aspecto, já existem notícias de iniciativas relevantes no país em combate ao desperdício. Entre elas, é impossível não mencionar o “Fruta Imperfeita”, que já atua em algumas regiões da capital de São Paulo, servindo como um meio de ligação entre os pequenos produtores do estado e o consumidor final.

De acordo com um dos idealizadores dessa iniciativa, Hugo Nomoto, o “Fruta Imperfeita” incentiva a compra de legumes, verduras e frutas que seriam descartadas pelas lojas e supermercados simplesmente por não se enquadrarem ao padrão estético estabelecido.

Às vezes, por ter um tamanho fora do padrão ou um formato diferente, o alimento já perde a chance de ser vendido de maneira convencional, ainda que na questão do sabor e da quantidade de nutrientes, ele esteja ideal. Com essa ponte criada entre produtores e clientes dispostos a adquirir esses alimentos por preços inferiores, a iniciativa já impediu que mais de 500 toneladas de comida fossem descartadas. No futuro próximo, o objetivo é expandir a atuação do projeto para outras partes do Brasil.

Empréstimos com garantia podem impulsionar seu negócio

A degradação da nossa economia está gerando uma busca contínua por novas oportunidades de emprego, além do aumento de pessoas que querem iniciar o seu próprio negócio.

Novos empreendedores encontram algumas dificuldades em seu caminho e a mais comum é manter um bom capital de giro nos primeiros meses em que a sua empresa estará atuando, já que aprender a investir seguramente pode ser mais complicado do que alguns imaginam.

Uma excelente opção para manter um bom capital de giro é o empréstimo com garantia, já que ele possibilita também uma chance de investimento para a empresa, melhorando assim a qualidade do seu negócio.

Ao buscar por bancos para pedir este empréstimo, você pode encontrar juros muito altos, e verá que instituições que forneçam a possibilidade de deixar algo como garantia são a melhor escolha, já que deixando uma garantia, você poderá solicitar juros mais baixos.

O empréstimo com garantia fornece o crédito que você precisa se deixar um imóvel ou veículo como segurança para que haja menos riscos em sua transação, deixando assim os juros menores e o tempo de pagamento da sua dívida maior.

Um exemplo seria deixar um carro para a garantia do empréstimo, já que assim você teria uma média de juros de até 1,79 por cento com 48 meses para realizar a quitação da dívida.

A garantia estará listada no contrato do empréstimo, pois caso seja constatada a inadimplência da dívida, o banco poderá vendê-la para que assim não haja nenhum prejuízo para a instituição.

Entender que este tipo de empréstimo é a melhor escolha pode salvar o seu negócio, já que empréstimos convencionais podem gerar juros altíssimos e apenas endividá-lo e tirar as suas finanças do controle.

Negócios tendem a aumentar seu valor ao longo do tempo e de acordo com os investimentos que você fizer na propriedade, portanto procure juros mais baixos para que possa lucrar mais e deixar as suas dívidas controladas.

Unesco escolhe 2019 como Ano Internacional das Línguas Indígenas

A Unesco escolheu 2019 como o ano Internacional das Línguas Indígenas. Quase 500 mil pessoas se comunicam por idiomas regionalizados no Brasil, mas a tendência é que esses idiomas desapareçam em 50 ou 100 anos de acordo com os estudiosos no assunto.

Muito se engana quem pensa que o Brasil é um país de idioma único. Além da língua portuguesa, ainda existem 170 das mais de 1.000 línguas indígenas que existiam aqui antes da colonização portuguesa.

Trabalhos como o do Grupo Idiomas que contam com o apoio de especialistas, ajudam na preservação das línguas indígenas que ainda restam. Nos últimos 10 anos pesquisadores vêm trabalhando no idioma de diversas etnias existentes no país, com a educação de professores dentro das aldeias e universidades, além de colaborar com a produção de material didático para os povos indígenas.

Por considerar a tecnologia como uma ferramenta fundamental para esse processo, o grupo criou o primeiro site do Brasil totalmente em língua indígena. “Existe a internet, os computadores que são acessados por boa parte das aldeias indígenas e fazem as notícias chegarem em qualquer lugar do mundo. Uma parte deste trabalho de cultivar o registro histórico dessas línguas nos dias de hoje acontece abrindo espaço para que elas sejam pesquisadas na internet”, explica o professor da Unicamp Wilmar D’Angelis.

O ano de 2019 foi escolhido pela Unesco como ano internacional das línguas indígenas. Para marcar essa data, o Grupo de Estudo da Universidade de Campinas irá lançar alguns trabalhos importantes. Entre eles um dicionário com Kaingang Paulista, um dialeto indígena que vem sendo redescoberto pelos brasileiros. “Um dialeto que estava em desaparecimento e hoje os professores estão se esforçando e retomando o trabalho de disseminar esse dialeto nas escolas”, explica Wilmar.

A população indígena do país conta hoje com cerca de 900 mil representantes, mas menos da metade deles estão aptos para utilizar os idiomas indígenas. Sem iniciativas como a do professor Wilmar, as estimativas de que essas línguas desapareçam em 50 ou 100 anos podem se confirmar.

“Perder esse legado é enfraquecer a diversidade do país de que os brasileiros tantos se orgulham. Os povos indígenas têm coisas para nos contar sobre sua história, sobre alternativas possíveis, sobre conhecimentos medicinais, sobre formas de lidar com as ocorrências da vida, sobre sua experiência em geral”, reforça Wilmar.