Randi, irmã de Mark Zuckerberg, apoia limite de redes sociais

Depois de dirigir o marketing do Facebook entre 2004 e 2011, a irmã de Mark Zuckerberg, Randi, desaprova o uso ininterrupto das redes sociais. A profissional que trabalhou em uma das redes sociais que mais cativam os internautas iniciou o seu próprio negócio de marketing quando deixou o cargo da empresa do irmão.

Em uma palestra que deu em São Paulo, ela claramente reprovou o uso exagerado das redes sociais afirmando que ninguém consegue mudar o mundo permanecendo 24 horas nas redes sociais.

Para quem está muito acostumado com o uso do celular, pode parecer difícil se desconectar de repente, mas isso deve ser feito aos poucos. De acordo com Randi, a desconexão pode começar com horários programados e consecutivamente ir aumentando esse tempo. Em determinadas profissões essa prática pode se tornar mais difícil ainda, mas é preciso tentar.

Devido a algumas mudanças no site, Mark declarou que o tempo que as pessoas passam no Facebook teve uma redução. Essa notícia fez as ações da empresa terem uma queda, mas que não foi causa de preocupação. O tempo reduzido na rede social é um resultado das mudanças que pretendem melhorar a qualidade das experiências dos usuários.

A irmã de Zuckerberg não dá um veredito sobre as redes sociais dizendo se são boas ou ruins, ela sustenta que o uso é a melhor forma de identificar como pode ser a experiência de cada usuário.

As alterações de políticas do Facebook são elogiadas por ela que sabe que muitas causas nobres ganham espaço e se propagam alcançando mais adeptos pelas redes sociais através de notícias, no entanto, existe também o lado do mal que procura fazer o mesmo.

Randi tem uma desenvoltura que pode ser comprovada tanto nas redes sociais como em suas palestras, e ela sabe que apesar de não ter a fama de seu irmão tem potencial para atrair empresários dispostos a pagar mais de mil reais por três dias de palestras e faz uma brincadeira com isso. Uma de suas maiores invenções foi o Facebook Live que ela desenvolveu em um hackaton, ninguém apostava que haveria um público interessado em transmissões desse tipo, mas depois que a cantora Katy Perry anunciou a sua turnê pelo recurso, o sucesso dessa função se tornou o que é hoje.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *