Semana Global do Empreendedorismo traz atividades em torno de valorização do jovem

Considerada o maior evento de âmbito mundial do mundo dos negócios, a Semana Global do Empreendedorismo iniciou em 05 de novembro sua edição de 2018 contando com a participação de cerca de 400 organizações e um total de 850 cidades representadas nas celebrações. Além disso, vagas de empregos foram geradas e anunciadas ao longo das comemorações.

Nesse ano, em que o evento se encontra em sua 11ª edição, a temática abordada foi “Empreendedorismo Jovem: A hora é agora”. O local adotado para tal foi o espaço que serve como sede para o Sebrae Nacional, que foi responsável por comportar figuras de destaque no meio corporativo, bem como estudantes e um público bastante diversificado.

Segundo a diretora técnica do Sebrae, a executiva Heloisa Menezes, os jovens que empreendem possuem positivo potencial no que se refere à modificação demandada pela sociedade, bem como pela elaboração de novos horizontes. Ela também ressaltou que é de grande relevância que o jovem seja orientado no sentido de desenvolver uma profissão.

Uma das apresentações que mais se destacaram no evento foi a ocasião em que houve a palestra de Welson Alves, representante do movimento denominado como Choice, incumbido de disseminar educação empreendedora para jovens através de um viés social. Na plateia o público era em sua maioria juvenil.

Responsável por fundar o Instituto Feira Preta, Adriana Barbosa foi eleita uma das 51 pessoas negras em se tratando de influência em todo o mundo. Dentre as atividades promovidas por sua organização, está o mapeamento do chamado afro-empreendedorismo no país, que é voltado para acelerar e desenvolver negócios de diversas naturezas.

Com vistas ao tema adotado no encontro, um levantamento foi realizado pelo Sebrae a fim de se conhecer melhor os perfis comuns aos jovens que empreendem. Para isso foi necessária a participação de um público jovem formado por 2.132 indivíduos.

Os dados alcançados mostraram que 32% dos participantes já tinham pensamentos de abrir algum tipo de empreendimento antes mesmo de se atingir a maioridade. Adoção de novas tecnologias é outra postura comum desse tipo de empreendedor, conforme pôde apurar a pesquisa, mostrando que boa parte dos recursos adotados entrou em linha de produção em um período inferior a um ano.

Saiba mais:

https://revistapegn.globo.com/Empreendedorismo/noticia/2018/11/semana-global-do-empreendedorismo-estimula-jovens-empresarios-transformar-sociedade.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *