Estados Unidos revelam vídeo sobre óvni e reconhecem que patrocinaram programa sobre o assunto

O jornal “The New York Times” publicou que os Estados Unidos sustentaram por cinco anos, um programa realizado pelo Departamento de Defesa americano para investigar a presença de óvnis. O projeto apresentava um orçamento milionário e foi realizado entre os anos de 2007 a 2012.

De acordo com o jornal, o projeto apresentava um financiamento de US$ 20 milhões, o seu responsável era uma autoridade militar e ele era comandado do Pentágono, mais precisamente no quinto andar.

Algumas imagens foram feitas em 2004 por um jato, e acabaram sendo estudadas por esse projeto, que se chamava “Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais”, e somente muito poucas pessoas tinham conhecimento dele, sendo todos funcionários do governo dos Estados Unidos.

Quando os pilotos do jato avistaram um objeto, eles acharam que se tratava de uma espécie de drone. Mas logo depois, eles se surpreenderam quando viram vários deles, indo inclusive contra o vento. Essas imagens acabaram sendo reveladas pelo Estados Unidos, mas alguns pesquisadores acreditam que o vídeo não comprova que existem indícios de vida em outros planetas.

O autor desse projeto foi Harry Reid, um senador na época e que atualmente está aposentado, mas quando o projeto foi lançado ele era o líder de grande parte do Senado. Ele revelou ao jornal que não se arrepende e que tomou atitudes que nunca ninguém tinha tomado antes. Ele era senador do Estado de Nevada, onde fica uma base secreta norte-americana chamada Área 51, e segundo o próprio Reid pelo Twitter, o projeto apresentava esforços tanto na área científica quanto na área da segurança do país.

Ele ainda declarou pelo Twitter que se o país não se encarregar de responder certas perguntas, outros acabarão fazendo isso. Mas ele não explicou quais seriam essas questões que precisam apresentar respostas.

A verba de financiamento para esse projeto terminou em 2012, mas algumas ocorrências aéreas incomuns ainda seguem sendo estudadas, por alguns órgãos do governo norte-americano. A CIA, a agência de inteligência dos Estados Unidos, revelou no início do ano pela internet muitos documentos que antes eram secretos, mas que foram desacreditados e continham milhões de páginas. Nas informações constavam  diversos registros sobre óvnis  e diversos relatórios sobre eles.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *