Criada por Niemeyer a Casa do Baile faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha

Image result for Casa do Baile faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha

Construída na década de 40, a Casa do Baile faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha e atualmente, ela é o Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e do Design. Oscar Niemeyer foi quem idealizou o seu projeto, e ela foi criada com a intenção de promover shows e jantares dançantes, para a diversão dos habitantes da capital mineira.

O famoso arquiteto criou um salão enorme circular para facilitar os dançarinos, sendo que um de seus mais assíduos frequentadores era Juscelino Kubitscheck, que na ocasião era o prefeito de Belo Horizonte e conhecido pela sua admiração à vida boêmia.

Localizada em uma ilha feita artificialmente e ligada à orla, por uma ponte feita de concreto, ela teve a sua inauguração no ano de 1943. Esse local virou o ponto de encontro da alta sociedade mineira, já que os preços praticados ali, não permitiam a frequência de classes mais baixas.

O  Museu de Arte da Pampulha  na época era usado como cassino, e os seus frequentadores atravessavam de barco o lago para terminarem à noite na Casa do Baile. As marquises em volta da ilha artificial, tinham como finalidade serem usadas para que os frequentadores do local, pudessem se sentar nas mesas que eram colocadas embaixo delas, para que pudessem ficar admirando a lagoa.

O objetivo de Oscar Niemeyer era de que em qualquer construção do conjunto, fosse permitido enxergar os outros prédios, ficando possível uma visão total deles, comentou Yuri Mesquita, que é historiador e também diretor do Arquivo Público de Belo Horizonte.

Apesar da Casa do Baile ser um local muito luxuoso, ela acabou encerrando as suas atividades depois de completar cinco anos de funcionamento, devido à proibição da existência de cassinos no país, dada pelo governo federal no ano de 1946. Boa parte dos frequentadores da Casa do Baile, vinham do cassino, e a partir do momento que ele foi fechado, a frequência dela caiu muito.

A Casa do Baile passou a ter várias outras funções depois dessa época, como por exemplo na década de 80, ela passou a ser um anexo do Museu de Arte da Pampulha, e na década de 90, ela foi um restaurante e depois teve que ser fechada novamente. Mas em 2002, ela se tornou o Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e do Design, comentou ainda Yuri Mesquita.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *